1. O que é libertarianismo?

Questão um do livro “Libertarianismo: o que todos deveriam saber?”, de Jason Brennan.

O libertarianismo é uma filosofia política. Os libertários acreditam que o respeito pela liberdade individual é o requisito central da justiça. Eles acreditam que as relações humanas devem ser baseadas no consentimento mútuo. Os libertários defendem uma sociedade livre de cooperação, tolerância e respeito mútuo.

O libertarianismo sustenta que cada um de nós deve ter permissão para escolher como será nossa vida, desde que não violemos os direitos dos outros. Não precisamos obter permissão da sociedade para viver nossas vidas. Não somos obrigados a responder ou nos justificar perante os outros. Não podemos ser forçados a servir a estranhos. Podemos nem mesmo ser forçados a servir a nós mesmos – ninguém pode nos forçar a promover o nosso próprio bem. Os libertários acreditam que cada um de nós possui uma inviolabilidade, fundada na justiça, que proíbe outros de nos sacrificarem em prol de uma maior estabilidade social, eficiência econômica ou melhor cultura. Sobre nossas próprias vidas, cada um de nós é soberano. Não devemos ser tratados como escravos, servos ou crianças indefesas.

O libertarianismo não é a filosofia política mais popular nos Estados Unidos. (Veja as perguntas 12 e 94.) No entanto, deriva do pensamento moral do senso comum. A maioria dos americanos concorda, em abstrato, que devemos ser livres para fazer o que quisermos, desde que não prejudiquemos outras pessoas ou violemos seus direitos. A maioria concorda que as relações humanas devem ser voluntárias. Por exemplo, a maioria concorda que seria errado forçá-lo a ingressar na minha igreja ou clube do livro. A maioria concorda que não devemos sacrificar pessoas individualmente “para o bem maior”. A maioria concorda que é errado forçar outro adulto a fazer algo “para seu próprio bem”.

No entanto, a maioria das pessoas pensa que há muitas exceções a esses princípios do senso comum. Os libertários, não. Por exemplo, os conservadores querem que o governo proíba as pessoas de trocar sexo por dinheiro. Os libertários, não. Muitos esquerdistas querem que o governo proíba as pessoas de contratarem imigrantes sem documentos como babás. Os libertários, não. Os marxistas querem que o governo proíba os indivíduos de possuir fábricas. Os libertários, não.

Os libertários dizem que, se levarmos a sério a ideia de que as relações humanas devem ser voluntárias, o papel do governo deve ser muito restringido. Muitas coisas que os governos fazem, e que as pessoas desejam que os governos façam, não podem ser feitas sem tratar nossos vizinhos como escravos, servos ou crianças indefesas. Do ponto de vista libertário, aqueles que defendem outras ideologias políticas, incluindo liberais de esquerda, conservadores, marxistas, fascistas e social-democratas, todos concordam que às vezes devemos tratar nossos vizinhos como escravos, servos ou crianças. Eles simplesmente discordam sobre como e quando.

Libertários tendem a desconfiar do governo. Em parte, isso ocorre porque eles acreditam que os governos geralmente são incompetentes. A sociedade e o mercado são como ecossistemas e, como ecossistemas, são impossíveis de administrar sem produzir consequências indesejadas. Os governos, portanto, tendem a tornar os problemas piores, não melhores. Os libertários também se preocupam com o fato de que a promessa de poder tende a atrair aqueles que querem explorar os outros, pelo menos com a mesma frequência que atrai aqueles que querem ajudar.

O libertarianismo não é uma filosofia uniforme, mas sim uma família de filosofias relacionadas. (Veja a pergunta 5.) Há muita diversidade dentro do pensamento libertário, assim como há diversidade dentro da maioria das outras filosofias políticas. Os libertários compartilham um núcleo comum de princípios. Às vezes, eles discordam sobre como entender esses princípios. Eles podem pensar que existem algumas exceções a esses princípios, ou não.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um novo site no WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: